Objectivos

  • Bulgarian
  • English
  • Finnish
  • German
  • Greek
  • Italian
  • Spanish

iStock_000006628337XSmallO projecto ISO QUAM tem como objectivo prover os trabalhadores pouco qualificados e não qualificados do sector da metalomecânica com uma nova abordagem para certificação das suas capacidades pessoais e competências (maioritariamente adquiridas através da prática do trabalho e por outros meios não formais ou informais) na base da abordagem reconhecida a nível mundial da Norma ISO 17024:2003. Este Padrão fixa os requisitos para organizações que oferecem sistemas de certificação para pessoas ao nível de competências e permite a emissão de um certificado de competências baseado na Norma ISO 17024:2003 que tem reconhecimento mundial. Os sistemas de certificação pela Norma ISO 17024:2003 para pessoas estão a ser trabalhados com sucesso já em outros sectores e deverão ser transferidos para o sector da metalomecânica com ajuda do actual projecto. Em função do objectivo geral previsto, devemos seguir os seguintes sub objectivos:

  • Adopção de uma matriz de competência para trabalhadores pouco qualificados e não qualificados do sector metalúrgico
  • Adopção dos requisitos da norma ISO 17024:2003 às necessidades do sector da metalomecânica
  • Adopção dos documentos de certificação na base de ISO 17024:2003 (catalogo de competências, abordagem de exame, materiais para exame, etc.)
  • Pilotagem da abordagem de certificação em todos os países participantes
  • Modificação dos documentos e produções com base nos resultados da fase piloto
  • Popularização e valorização dos resultados, estabelecimento de centros de certificação ISO 17024:2003 nos países parceiros e além
  • Reflexão permanente e integração das abordagens do projecto nas discussões e desenvolvimentos á volta do QEQ e Sistema Europeu de Créditos para a Educação e Formação Profissional a nível nacional dos países parceiros.

Com estes objectivos nós pretendemos proporcionar uma abordagem urgente para o grupo alvo de trabalhadores com poucas competências no sector da metalomecanica de forma a possibilitar um sistema de acreditação de competências reconhecido internacionalmente, que é especialmente preciso frente às desvantagens do mercado de trabalho enfrentadas no curso da crise económica. Ele irá providenciar um sistema de transparência e reconhecimento de competências e qualificações (prioridade do Leonardo), que também é necessário para apoiar o futuro desenvolvimento dos sistemas de EFP na Europa.